1 min de leitura

Quarta Feira, 25 De Março

Olhai para mim, e sereis salvos. (Isaías 45:22)

Converter-Se


Geralmente, quando surgem desacordos e conflitos, nos custa muito reconhecer as faltas que temos cometido contra os outros. De fato, tal reconhecimento é necessário para voltarmos a ter um bom relacionamento com os que nos rodeiam. Pois bem, o mesmo acontece em nosso relacionamento com Deus. É indispensável reconhecer nossas faltas, nossa tendência a fazer o mal, nossos maus pensamentos, nossas mentiras e nossas más ações.

A palavra de Deus faz uma constatação irrefutável acerca desse tema: “Enganoso é o coração... e perverso” (Jeremias 17:9). Meus pecados me impedem de estar alinhado com o Deus santo e de me aproximar dEle. Se tomar consciência disso, sentirei a necessidade de ser purificado daquilo que me mancha interiormente. Nesse momento, o valor do sacrifício de Cristo na cruz se tornará o mais importante na minha vida. O Senhor Jesus cumpriu a obra que permite a cada um de nós sermos reconciliado com Deus mediante a fé em Sua Pessoa.

É frequente ouvirmos falar da conversão de alguém para uma ou outra religião. Mas, o que significa converter-se ao cristianismo? É juntar-se a uma tradição, a uma cultura ou a um conjunto de dogmas? Não, trata-se, claramente, de aceitar o Senhor Jesus Cristo como Salvador, porque sem Ele permaneceríamos no pecado, separados de Deus. Aquele que nos “chamou das trevas para a sua maravilhosa luz” (1 Pedro 2:9) passa a ser então nosso Senhor, que dirige nossa vida, e que se torna fonte e objetivo da mesma.

 

Realizamos a obra com poucos recursos e precisamos do seu apoio para mantê-lo e expandi-lo. Ajude-nos a alcançar mais pessoas com a Palavra de Deus!

Faça uma doação para o Ministério Chamada

Extraído do livro devocional Boa Semente 2020, publicado pelo DLC.

Confira