1 min de leitura

Terça Feira, 10 De Março

E procuras tu grandezas para ti mesmo? Não as procures. (Jeremias 45:5)

Baruque, O Secretário


Baruque viveu há 2600 anos. Ele era escrivão – assim eram denominados os antigos secretários de personalidades elevadas. Baruque era um homem fiel, que cria no verdadeiro Deus. Por isso ele também se mantinha próximo a Jeremias, o grande profeta de Deus em Jerusalém, estando a seu serviço.

Mas o tempo era tenebroso. Jeremias dizia que Jerusalém seria destruída pelos inimigos. O povo se negou a dar crédito e não queria tolerar mais a Jeremias por causa de suas mensagens ameaçadoras. Baruque também foi perseguido, pois escrevia estas mensagens e as lia em público. 

Então ele passou a se queixar de sua sorte: “Ai de mim agora, porque me acrescentou o SENHOR tristeza sobre minha dor! Estou cansado do meu gemido, e não acho descanso” (v. 3). Com certeza Baruque teria preferido escrever mensagens de vitória e paz.

No entanto, certo dia Baruque recebeu uma mensagem destinada a ele mesmo. Por meio de Jeremias, Deus lhe faz saber: ‘Veja, Baruque, na verdade esta cidade será destruída, mas não busques grandes coisas para ti. Esteja satisfeito com o que te dou para fazer. Não sucumbirás’.

E nós? Estamos satisfeitos com o que o Senhor nos dá? Ou tendemos a nos compadecer de nós mesmos? Não deveríamos permitir que isso acontecesse, pois, ao não estarmos satisfeitos, estaríamos imputando a Deus que Ele está sendo injusto para conosco. Pensemos no exemplo que o Senhor Jesus nos deu: mesmo quando foi rejeitado e incompreendido aqui, Ele pôde dar graças ao Pai por todos os Seus desígnios! (Mateus 11:26).

 

Realizamos a obra com poucos recursos e precisamos do seu apoio para mantê-lo e expandi-lo. Ajude-nos a alcançar mais pessoas com a Palavra de Deus!

Faça uma doação para o Ministério Chamada

Extraído do livro devocional Boa Semente 2020, publicado pelo DLC.

Confira