1 min de leitura

Sábado, 25 De Janeiro

Tem misericórdia de mim, ó Deus, tem misericórdia de mim, porque a minha alma confia em ti. Pois a tua misericórdia é grande até aos céus, e a tua verdade até às nuvens. (Salmo 57:1,10)

Meditações Sobre O Livro Dos Salmos (Leia Salmo 57)


Assim como os Salmos 51 e 56, este também começa com as palavras: “Tem misericórdia de mim, ó Deus”. A graça divina é o recurso contra o mal que nos rodeia e também contra o pecado dentro de nós (Salmo 51). Seja quem for o inimigo — Absalão, os filisteus, Saul, Satanás ou o mundo — o refúgio seguro de nossa alma é o Senhor Jesus. Neste lugar de abrigo não temo nada que provenha dos homens (vv. 4, 6; Salmo 91:3-4). O versículo 2 — “Deus que por mim tudo executa” — se assemelha a Romanos 8:28: “Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus”. Primeiro, a fé nos leva a crer, e depois a experimentar que “todas as coisas”, mesmo aquilo que contraria nossa vontade, podem redundar em bênçãos para nós. 

Mas, neste salmo, o crente está mais concentrado na glória de Deus que em seu próprio livramento (vv. 5, 11; Salmo 108:5). Foi essa oração que o Senhor Jesus fez, falando da cruz que iria enfrentar: “Pai, glorifica o teu nome” (João 12:28).

 

Realizamos a obra com poucos recursos e precisamos do seu apoio para mantê-lo e expandi-lo. Ajude-nos a alcançar mais pessoas com a Palavra de Deus!

Faça uma doação para o Ministério Chamada

Extraído do livro devocional Boa Semente 2020, publicado pelo DLC.

Confira