1 min de leitura

Quarta Feira, 15 De Janeiro

Desperta, tu que dormes. (Efésios 5:14)

Meu Despertador


Não gosto do som estridente do meu despertador porque interrompe o meu sono e me avisa que estou diante de mais um dia de trabalho. Geralmente, gostaria de deter esse som intempestivo e voltar a dormir. Ou então, eu o deixo tocando e escondo a cabeça debaixo do travesseiro para não escutá-lo.

Isso me faz pensar na atitude de muitas pessoas acerca do evangelho. Elas preferem permanecer em seu entorpecimento e fecham seus ouvidos aos chamados da graça que os convidam ao arrependimento. 

Ou, outras vezes, quando meu despertador toca, fico por mais uns quinze minutos na cama esperando recuperar mais tarde o tempo perdido. Do mesmo modo, muitos adiam a questão de seu relacionamento com Deus. Preferem permanecer em um sono espiritual, em uma vida sem Deus. Adiam o momento de colocar em ordem a questão dos pecados que os separam de Deus. 

Não me levantar quando o despertador toca pode ter consequências irreparáveis, dependendo do caso. Mas descuidar de forma repetida os chamados de Deus, que me convida ao arrependimento, é algo completamente trágico e compromete meu futuro eterno. 

As melodias dos despertadores de hoje, mais ou menos agradáveis, têm a mesma função de despertar-nos. O evangelho também. Apresse-se em receber a graça de Deus e a vida eterna. Escutarás a voz de Deus ou continuarás dormindo? Se Deus permite uma circunstância que perturba de forma desagradável tua vida, não seria isso um chamado para despertar-te do teu sono espiritual?

 

Realizamos a obra com poucos recursos e precisamos do seu apoio para mantê-lo e expandi-lo. Ajude-nos a alcançar mais pessoas com a Palavra de Deus!

Faça uma doação para o Ministério Chamada

Extraído do livro devocional Boa Semente 2020, publicado pelo DLC.

Confira