1 min de leitura

Quinta Feira, 23 De Abril

Esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus. (Filipenses 3:13-14)

A Colina Dos Preguiçosos


O maciço alpino Dents du Midi (Suíça), apresenta uma peculiaridade: meia hora antes de se atingir o cume há uma colina que se chama Le Col des Paresseux (A Colina dos Preguiçosos). Os guias locais contam que, ao chegar ali, muitos alpinistas param e desistem de prosseguir na subida. Cansados da longa subida e desanimados ao pensar que deverão enfrentar mais uma escarpa íngreme e dura, preferem tirar a mochila e descansar, sem imaginar o panorama que poderiam ver do cume.

O caminho de nossa vida cristã também tem passagens difíceis. Os bens terrenos, as preocupações da vida, as exigências do trabalho, são outros tantos obstáculos que podem impedir-nos de terminar o serviço que nosso Deus nos incumbiu e alcançar Seu objetivo. No âmbito espiritual, nos determos nessa colina também significa estar satisfeitos conosco mesmos e pensar que não teremos necessidade de progredir mais em nossa fé.

Para não nos determos, necessitamos, assim como o apóstolo Paulo, esquecer do que ficou para trás. Devemos nos esquecer de nossas lutas, mas não dos consolos de Deus; esquecer nossos erros, mas não a misericórdia de Deus. Esquecer as feridas, as injustiças das quais temos sido objeto, mas não do socorro de Deus. É necessário nos esquecermos de nós mesmos, e até mesmo dos nossos êxitos, para correr direto até a meta, até o Senhor Jesus, cujo amor nos atrai. Ele é nossa meta final. “Corramos com paciência a carreira que nos está proposta, olhando para Jesus” (Hebreus 12:1-2).

 

Realizamos a obra com poucos recursos e precisamos do seu apoio para mantê-lo e expandi-lo. Ajude-nos a alcançar mais pessoas com a Palavra de Deus!

Faça uma doação para o Ministério Chamada

Extraído do livro devocional Boa Semente 2020, publicado pelo DLC.

Confira