1 min de leitura

Quarta Feira, 22 De Abril

Até quando, ó simples, amareis a simplicidade? E vós escarnecedores, desejareis o escárnio?... porque eu clamei e recusastes... Também da minha parte eu me rirei na vossa perdição e zombarei. (Provérbios 1:22,24,26)

A Verdadeira Pergunta


Antes de tirar a própria vida, um jovem escreveu estas palavras de despedida: ‘A morte é tão boa que ninguém volta’. É certo que ninguém volta, mas que seja boa ou que todos os que estão ali estejam bem, é uma ilusão perigosa. A verdadeira pergunta que todo homem deve fazer é a que fazia o patriarca Jó: “Rendendo o homem o espírito, então onde está ele?” (Jó 14:10).

A morte leva o crente para junto do Senhor Jesus (Filipenses 1:23). Para ele, Deus “torna a sombra da noite em manhã” (Amós 5:8). Foi isso que fez o apóstolo Paulo exclamar: “Mas temos confiança e desejamos antes deixar este corpo, para habitar com o Senhor” (2 Coríntios 5:8). 

Para o incrédulo tudo é muito diferente. O relato que o Senhor Jesus fez é assustador para todas as pessoas que não acertaram a questão dos seus pecados com Deus: “Porque estou atormentado nesta chama” (cf. Lucas 16:19-31). É possível que nessa passagem o Senhor Jesus tenha se expressado de maneira figurada, mas se a parábola é assim, como será a realidade? O homem desse relato não pôde mudar sua situação, permaneceu em tormentos. É apenas durante nossas vidas que temos a oportunidade de nos arrepender e nos voltarmos para Deus. 

Por meio de Sua palavra, Deus fala aos homens denunciando a culpa dos mesmos e oferecendo-lhes a vida eterna. Se não o escutam, depois da morte será tarde demais.

Você que lê estas linhas, é o momento de se arrepender: “Eis aqui agora o tempo aceitável, eis aqui agora o dia da salvação” (2 Coríntios 6:2).

 

Realizamos a obra com poucos recursos e precisamos do seu apoio para mantê-lo e expandi-lo. Ajude-nos a alcançar mais pessoas com a Palavra de Deus!

Faça uma doação para o Ministério Chamada

Extraído do livro devocional Boa Semente 2020, publicado pelo DLC.

Confira