1 min de leitura

Domingo, 12 De Abril

Desde então começou Jesus a mostrar aos seus discípulos que convinha ir a Jerusalém, e padecer muitas coisas dos anciãos, e dos principais sacerdotes, e dos escribas, e ser morto, e ressuscitar ao terceiro dia. (Mateus 16:21)

A Ressurreição (1): O Fundamento Do Cristianismo


Existe uma notícia mais extraordinária que a ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos? A ressurreição de Cristo é uma verdade central do cristianismo. Ao contrário das crenças baseadas nas filosofias ou ideologias, o cristianismo está fundado em um acontecimento histórico: quer dizer, um túmulo vazio e uma Pessoa viva, o Senhor Jesus. O apóstolo Paulo sublinhou esse aspecto fundamental em uma de suas epístolas, pouco tempo depois do Senhor ter deixado a terra: “E, se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé, e ainda permaneceis nos vossos pecados... Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens”, para logo em seguida acrescentar: “Mas de fato Cristo ressuscitou dentre os mortos, e foi feito as primícias dos que dormem” (1 Coríntios 15:17,19-20). 

Não é surpreendente que, com o passar dos séculos, essa verdade tenha sido atacada pelos que se opõem a Cristo. Já nos tempos do Senhor Jesus, a seita dos saduceus negava a ressurreição dos mortos, mas os ataques se multiplicaram a partir dos meados do século XIX e duram até hoje. Não obstante, devemos acreditar na ressurreição do Filho de Deus; o próprio Deus se encarregou de suprir numerosas provas da mesma. Existem poucos acontecimentos históricos que tenham sido descritos e confirmados por tantas testemunhas. 

Continua

 

Realizamos a obra com poucos recursos e precisamos do seu apoio para mantê-lo e expandi-lo. Ajude-nos a alcançar mais pessoas com a Palavra de Deus!

Faça uma doação para o Ministério Chamada

Extraído do livro devocional Boa Semente 2020, publicado pelo DLC.

Confira