1 min de leitura

20 de Agosto

"Fala aos filhos de Israel, e dize-lhes: Quando houverdes passado o Jordão para a terra de Canaã, desapossareis de diante de vós todos os moradores da terra, destruireis todas as suas pedras com figura, e também todas as suas imagens fundidas, e deitareis abaixo todos os seus ídolos." Números 33.51-52

O Jordão representa muito especialmente a morte do Senhor Jesus Cristo. Aqui o vemos como a única base de saída da vitória sobre todos os poderes do inimigo. O Senhor ordenou aos filhos de Israel que expulsassem todos os moradores de Canaã e destruíssem todos os seus ídolos. Mas primeiro Ele diz: "Quando houverdes passado o Jordão..." Disso aprendemos como se vence: não em direção à cruz, não em direção à vitória, mas, sim, partindo da Sua cruz, da vitória já conquistada pelo Senhor na cruz! Creia, meu amigo: "Está consumado!" Se você descansa nessa obra consumada, se você está unido com Ele, com Jesus na cruz, então comece a sua vida vitoriosa – não o inverso! Você não deve tentar se deixar crucificar aos poucos, mas pela fé deve colocar os seus pés nessa vitória agora mesmo. Justamente isso está escrito em Romanos 6.6: "...sabendo isto, que foi crucificado com ele o nosso velho homem". Para quê? Paulo continua: "...para que o corpo do pecado seja destruído, e não sirvamos o pecado como escravos."

Wim Malgo

 

Confira