1 min de leitura

Quinta Feira, 19 De Março

Porque sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos de Deus um edifício, uma casa não feita por mãos, eterna, nos céus. (2 Coríntios 5:1)

Nossa Casa No Céu


O Senhor Jesus prometeu que viria buscar os crentes, isto é, aos que depositaram sua confiança nEle. Por isso os crentes desejam Sua vinda. A Bíblia nos fala do céu e dos que habitam nele, como se quisesse familiarizar-nos com o lugar para onde iremos. Uma pessoa que vai mudar de país se informa sobre o novo país e sobre o que encontrará ali: costumes, idioma, paisagens e habitantes. 

Estamos a ponto de chegar ao céu. A Bíblia nos fala da casa do Pai (João 14:2) onde há um lugar preparado, onde o Pai e o Filho habitam, lugar onde a felicidade não tem fim. Nós temos a segurança que estaremos com o Senhor Jesus e seremos semelhantes a Ele. Isso é incompreensível para nossa inteligência limitada, mas com a confiança da fé nos apegamos às promessas de Deus. Ele deseja que estejamos do Seu lado. Que perspectiva!

Nós, os cristãos, vivemos em um mundo que passa (1 João 2:17). Esperamos o momento em que veremos o Senhor. Nós também gememos “esperando a adoção, a saber, a redenção do nosso corpo” (Romanos 8:23). Em breve, o mortal será “absorvido pela vida” (2 Coríntios 5:4) e dará lugar a uma vida com o Senhor, sem nenhuma sombra. 

Se passarmos pela morte é para irmos para nosso verdadeiro país, nossa casa celestial. Ao pensar nisso, o apóstolo Paulo se alegrava e desejava “partir, e estar com Cristo” (Filipenses 1:23). Para ele a morte era ganho. Enquanto esperava, se esforçava ardentemente para agradar a Deus.

 

Realizamos a obra com poucos recursos e precisamos do seu apoio para mantê-lo e expandi-lo. Ajude-nos a alcançar mais pessoas com a Palavra de Deus!

Faça uma doação para o Ministério Chamada

Extraído do livro devocional Boa Semente 2020, publicado pelo DLC.

Confira