1 min de leitura

Quinta Feira, 21 De Maio

Porque se nós, sendo inimigos, fomos reconciliados com Deus pela morte de seu Filho, muito mais, tendo sido já reconciliados, seremos salvos pela sua vida. (Romanos 5:10)

César Malan, Sua Conversão (2)


‘Uma noite li com um amigo o capítulo 5 da carta de Paulo aos Romanos. Essa leitura produziu em mim uma impressão muito viva, em especial o versículo 10 (citado acima). Outro dia, enquanto lia a Bíblia no meu escritório na escola, enquanto os alunos faziam os exercícios, li o capítulo 2 de Efésios e cheguei a este versículo: “Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus” (v. 8). Essas palavras me pareceram resplandecentes e me causaram uma impressão tão grande que saí para o pátio do colégio e caminhei exclamando: Sou salvo! Sou salvo!

Eu compararia minha conversão ao despertar de uma criança com o beijo de sua mãe. Não posso pensar naquela época sem exaltar a terna compaixão do Senhor, que impediu que eu tivesse esses temores e dúvidas desagradáveis pelas quais passam tantos cristãos antes de chegar a experimentar a paz produzida pela fé’.

Aparentemente, a conversão de Malan foi um acontecimento tranquilo. Contudo, houve uma mudança radical — ela marcou o começo de uma nova vida. Antes de sua conversão, Malan era, sem dúvida, um homem religioso com uma moral estrita, franco, inclinado ao bem, mas tentava se justificar por meio de suas boas obras. Depois de sua conversão, viveu de forma totalmente nova. Apoiou-se apenas em Deus, que justifica ao que crê no Senhor Jesus Cristo. Desde então, César Malan pode servir a Deus e buscar agradá-Lo, não para ser justo, mas como uma forma de agradecimento a Ele.

Continua

 

Realizamos a obra com poucos recursos e precisamos do seu apoio para mantê-lo e expandi-lo. Ajude-nos a alcançar mais pessoas com a Palavra de Deus!

Faça uma doação para o Ministério Chamada

Extraído do livro devocional Boa Semente 2020, publicado pelo DLC.

Confira