1 min de leitura

27 de Novembro

"E, quando estiverdes orando, se tendes alguma cousa contra alguém, perdoai, para que vosso Pai celestial vos perdoe as vossas ofensas." Marcos 11.25

A disposição para perdoar

Um sinal característico dos cristãos dos tempos finais é a sua falta de disposição para perdoar. Se não perdoamos de todo o coração as pessoas que têm algo contra nós, o Senhor fechará o céu para nós. Devemos estar conscientes de que a medida com que medimos os outros também é usada em relação a nós: "...perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós temos perdoado aos nossos devedores." Não faz sentido orar por avivamento se não estamos dispostos a chegar ao âmago da questão. Somente quando chegamos à presença do Senhor vivo, Ele se revelará a nós, derramará Seu Espírito e dará avivamento. Devemos nos expor completamente à santidade do Senhor, caso contrário nos tornaremos mornos, e nossas reuniões de oração se transformarão em apenas um "clube de oração". Nosso Senhor procura hoje em dia pessoas que – como os discípulos – estejam cheias do Espírito Santo, limpas e sinceras, firmes na fé e reconciliadas umas com as outras. Então oraremos, e o Senhor responderá, como está escrito em Isaías 58.9: "...então clamarás, e o Senhor te responderá; gritarás por socorro, e ele dirá: Eis-me aqui." Eis o caminho para o avivamento. Estamos dispostos a segui-lo?

Wim Malgo

 

Confira