1 min de leitura

Sábado, 30 De Maio

A minha língua falará da tua justiça todo o dia. (Salmo 71:24)

Meditações Sobre O Livro Dos Salmos (Leia Salmo 71:17-24)


É provável que este salmo tenha sido composto por Davi quando fugia de Absalão, seu filho. Já um homem idoso (vv. 9,18), o homem de Deus está mais uma vez enfrentando um tempo de “muitas angústias e males” (v. 20). Ele se dirige ao Senhor: “Não me rejeites na minha velhice; quando me faltarem as forças, não me desampares” (v. 9). Isaías 46:4 dá uma resposta divina a esta oração: “Até à vossa velhice eu serei o mesmo, e ainda até às cãs eu vos carregarei”. Deus jamais Se esqueceu de Seus servos, e jamais Se esquecerá de Seus redimidos (v. 23; Salmo 37:25). Se Ele é o Deus de nossa juventude, será o Deus de nossa vida inteira, a menos que nós O abandonemos. 

Observe quantas vezes o salmista menciona e louva a justiça de Deus (vv. 2,15,16,19,24). Vivendo em um mundo no qual a injustiça prevalece, conhecemos o valor da justiça divina. Na cruz, ela já triunfou sobre toda a obra do inimigo; triunfa na vida de cada pessoa que se rende ao Senhor Jesus; e triunfará por completo quando Cristo vier estabelecer Seu reinado.

 

Realizamos a obra com poucos recursos e precisamos do seu apoio para mantê-lo e expandi-lo. Ajude-nos a alcançar mais pessoas com a Palavra de Deus!

Faça uma doação para o Ministério Chamada

Extraído do livro devocional Boa Semente 2020, publicado pelo DLC.

Confira